Papo Sério
planejando-a-heranca-em-vida

Muitas famílias passam a vida planejando o futuro dos filhos e descendentes. Preparam a empresa, acumulam bens, organizam os investimentos. Mas a maioria das pessoas se esquece de um assunto essencial: o planejamento de sucessão e não ficam planejando a herança em vida.

Diante do falecimento de um ascendente que deixa bens, a herança precisa passar pelo processo de inventário. E é nesse momento que ocorrem transtornos e conflitos. Além dos detalhes da partilha, que costumam ser questionados entre os herdeiros, o processo em si pode levar anos para ser concluído.

Planejando a herança em vidaSegundo o advogado Luís Otávio Lara, especialista em Direito Sucessório, o inventário extrajudicial representa benefícios. “Nesse caso, temos uma redução no tempo, mas ainda existem os custos de cartório e também é necessário ter consenso entre todos os herdeiros”.

Outro ponto destacado por Lara é a previsão de mudanças nas alíquotas de ITCMD (Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação), que é o principal custo em uma transmissão de patrimônio entre gerações. “Esse imposto é estadual e pode sofrer alterações. Além disso, temos iniciativas de projetos parlamentares que podem criar impostos federais que ultrapassam 25% do total da herança”.

O especialista explica que o planejando a herança em vida oferece uma série de vantagens e pode ser a solução para o problema. Além de permitir a continuidade do patrimônio da família, há o ganho com a organização dos bens e a diminuição das despesas tributárias. “Há uma economia com os custos judiciais e advocatícios, e nos impostos. É importante destacar que esse planejamento exige o auxílio de um advogado, mas a cobrança pode ser de um valor fixo, e não um percentual sobre o patrimônio. Já os impostos costumam ser menores quando o planejamento é feito ainda em vida”, finalizou.

Dr. Luís Otávio Lara
Advogado
www.lol.adv.br

Instagram: @laraoliveiralara
Facebook: loladvogados
Tel: 27 98138.8138

Veja mais artigos do Dr. Luis Otávio Lara

Comentários

1 Comentários
Compartilhe

Débora Herzog

1 Comentários

  1. Débora Herzog
    23 de julho de 2018 Em 7:41 pm

    […] Planejando herança em vida […]

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: