fbpx
Destaque, Saúde

Hospital Meridional inaugura Unidade de Tratamento de Queimados

hospital-meridional-inaugura-unidade-de-tratamento-de-queimados

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Queimaduras, cerca de um milhão de pessoas sofrem queimaduras no Brasil, a cada ano, 200 mil são atendidos em serviços de emergência e 40 mil demandam hospitalização. As maiores vítimas, segundo o Ministério da Saúde, são crianças e pessoas de baixa renda. Centros de tratamentos especializados para esse tipo de tratamento são necessários e estão espalhados por todo o Brasil.

O atendimento imediato na primeira hora após o trauma pode minimizar edemas e complicações eminentes, além de tratar a primeira maior ameaça à vida. Para poder oferecer um tratamento especializado e de qualidade, nesses casos, o Hospital Meridional, em Cariacica, acaba de inaugurar sua Unidade de Tratamento de Queimados, preparada para atender a pacientes graves, com queimaduras de segundo e terceiro graus, e comorbidades importantes.

O diretor geral do Hospital Meridional, Ivan Lima, ressalta que a urgência nesse tratamento é primordial e que lesões dessa natureza podem ter um alto grau de periculosidade, que podem atingir vários tecidos como pele, músculo e até ossos. “Diversos fatores envolvidos nas queimaduras precisam ser observados na hora da avaliação. A profundidade, extensão e localização da queimadura, a idade da vítima, a concomitância de condições agravantes e a inalação de fumaça têm de ser considerados na avaliação do queimado, entre outros”, afirma Ivan.

Conhecidas também como lesões térmicas, queimaduras não são causadas somente por calor (fogo), como é de costume associá-la. Outros fatores que podem levar a este trauma são: frio, eletricidade, produtos químicos, radiação, atrito ou fricção.

O médico também aponta para tratamentos domésticos populares que podem agravar o quadro dos pacientes, como o uso de pasta de dentes, manteiga, pó de café, clara de ovo, folha de bananeira, açúcar e outros. Ele alerta sobre a importância da procura por um especialista de imediato, já que esse tipo de substância, em contato com o local, pode piorar a lesão e retardar o tratamento e a cicatrização.

 

Sobre a Unidade de Tratamento de queimados do Meridional

A nova unidade do Hospital Meridional foi pensada para atender com excelência e prontidão aos casos de queimadura grave, contando com dois leitos de UTI completamente equipados com monitor multiparamétrico, respirador, bombas de infusão, cama elétrica, rede de oxigênio e ar comprimido, além de maca para banho e aparelho de anestesia dentro da sala de balneoterapia (tratamento de lesões e queimaduras por meio de banhos e desbridamentos).

A UTQ é composta por equipe multiprofissional e conta com cirurgia plástica, intensivistas, anestesistas, nutrólogos e outros, devidamente treinados para o atendimento completo, individualizado e específico para o caso de cada paciente.

Para completar o atendimento aos pacientes, o Hospital Meridional  disponibiliza o serviço de Medicina Hiperbárica (oxigenioterapia em alta concentração) e sala de curativos para pacientes com lesões menores, que não se encontram internados.

Comentários

0 Comentários
Compartilhe

Karina Santos

Assistente de Jornalismo - WelcomePlanet

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: