fbpx
Destaque, Saúde

Dia do Farmacêutico: o que será que eles tomam para cuidar da imunidade?

dia-do-farmaceutico-o-que-sera-que-eles-tomam-para-cuidar-da-imunidade

 

Depois de um ano atípico no qual o trabalho desse profissional foi ainda mais fundamental para orientar as pessoas a cuidarem da saúde, já parou pra pensar quais medicamentos são os queridinhos deles para manter a rotina de cuidados com a saúde?

Nesta quarta, dia 20 de janeiro, é comemorado o Dia do Farmacêutico. Profissional que orienta tanta gente na busca por medicamentos e manipulados, e com a pandemia, seu trabalho ganhou ainda mais destaque, afinal, as farmácias tiveram um ‘boom’ no último ano com o reforço da importância de cuidar da saúde, principalmente da imunidade.

Mas já parou pra pensar, diante de tantas opções de medicamentos, manipulados e produtinhos, quais são os queridinhos deles para manter a rotina de cuidados com a saúde?

O farmacêutico Márcio Mendes de Mello, sócio proprietário da Pharmapele Vila Velha, com mais de 25 nos de experiência no setor farmacêutico, conta sua listinha top 5 de cuidados diários. “Um deles é o Vita Complex, um polivitamínico que possui completo que possui um total de 22 vitaminas e minerais + Ômega-3. Ainda nessa linha de imunidade, eu uso o Imuno Caps, que possui uma combinação com altas doses das vitaminas C, D, E, os minerais Selênio e Zinco, além do Própolis Verde. Um queridinho do momento, lançado ano passado e pensado pela alta demanda da pandemia por medicamentos para manter e aumentar a imunidade”, explica ele.

O farmacêutico ainda conta que usa diariamente o Bioferrin®️ 2000, um núcleo ativo da Lactoferrina, proteína benéfica para o reforço imunológico, possui atividade antiviral e propriedades que auxiliam na manutenção da saúde. Ela aumenta a produção de anticorpos inatos que trabalham para combater infecções. “Também não abro mão do Astragalus. Ele auxilia no sistema imunológico, além de aumentar os níveis de energia e vitalidade do organismo, prevenindo doenças e o envelhecimento precoce. Também uso o Betamune, que tem como principal papel a prevenção e resolução mais rápida de infecções respiratórias agudas.”, complementa ele.

Lembrando que, o uso de qualquer medicamento deve ter a orientação de um profissional de saúde, pois cada pessoa possui suas especificidades e deficiências de nutrientes, sendo assim cada um terá a quantidade exata de acordo com seu tipo físico, idade, etc.

Comentários

0 Comentários
Compartilhe

Danielle Ewald

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: