fbpx
Circuito, Destaque

Gordurinha na axila incomoda muita gente. É possível eliminá-la?

gordurinha-na-axila-incomoda-muita-gente-e-possivel-elimina-la

Aquela dobrinha que se forma entre a axila e o seio pode acabar, em determinados momentos, com a autoestima de qualquer mulher. Mesmo com a prática de exercícios físicos e uma boa alimentação, é muito difícil de ser eliminada, por ser uma das partes do corpo mais difíceis de tornear.

A solução, segundo a dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) Karina Mazzini, é recorrer à lipo enzimática. “Nesse caso, a lipo enzimática atua de forma focada e pontual. Com a aplicação de substâncias diretamente no tecido a ser tratado, consegue-se quebrar essas células de gordura acumuladas e facilitar a perda de medidas. São recomendadas, em média, quatro sessões, sendo uma a cada 15 dias”.

A médica disse ainda que, se a região ficar flácida, pode ser feito o Sculptra, que é um tratamento para restaurar a produção de colágeno na região.

Já a dermatologista Irene Baldi, também da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), recomenda o ultrassom micro e macro focado, mais conhecido como Ultraformer III, para tratar a gordurinha. “Esse equipamento a gente ama porque trata todos os níveis da pele: desde o músculo até a camada mais superficial. E o melhor: pode ser feito no verão”, diz ela.

Um novo produto promete ser a sensação para garantir a queima de gordura também na região próxima às axilas. Trata-se do Mitburn tópico, cuja matéria-prima é oriunda das oliveiras orgânicas, da região de Provance, na França. A novidade chegou ao Espírito Santo graças à Farmácia Alquimia, que fez uma parceria com o laboratório Biodiversité.

O Mitburn é vegano e o primeiro ingrediente nutracêutico natural que combina propriedades potentes de queima de gordura. “O funcionamento do produto é simples. Ele estimula o metabolismo formando energia para queimar gordura. Transforma tecido adiposo marrom em branco. É uma super novidade”, acrescentou Raigna Vasconcelos.

Para quem quer um resultado rápido, a cirurgia plástica também é uma alternativa. “Apesar de ser invasiva, a lipoaspiração na axila é um procedimento tranquilo e, após uma semana, a paciente já pode voltar às atividades normais, como academia. O pós-operatório costuma ser leve e a cirurgia rápida!”, afirma o cirurgião plástico Jefferson Vaccari, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Famosas como Luana Piovani e Mari Gonzalez passaram pela lipoaspiração na axila recentemente.

Comentários

0 Comentários
Compartilhe

Criar Comunicacao

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: