fbpx
Circuito, Comportamento, Destaque

Moto Vena participa com o Detran da Semana Nacional de Trânsito: ações de educação e promoção da saúde de motociclistas

moto-vena-participa-com-o-detran-da-semana-nacional-de-transito-acoes-de-educacao-e-promocao-da-saude-de-motociclistas

Com o objetivo de chamar a atenção dos motociclistas sobre a necessidade de ter atitudes responsáveis no trânsito, cuidar da saúde e realizar manutenções regulares em seus veículos, o projeto “Moto e Vida em Ação” chegou às ruas da Grande Vitória. A iniciativa integrada, que marca a Semana Nacional de Trânsito no Estado, teve início na última segunda-feira (20), na avenida Eldes Scherrer, em Laranjeiras, na Serra, e é fruto de uma parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Sest/Senat, Emescam e Moto Vena.

Essa ação integrada terá edições em todos os dias desta semana na Região Metropolitana e consiste na abordagem de motociclistas, principalmente entregadores de delivery por aplicativo, em pontos estratégicos, com o intuito de reforçar a adoção de condutas mais seguras no trânsito, englobando diversos aspectos, dentre eles a educação para que obedeçam às leis de trânsito, se mantenham habilitados e seguros para exercerem a profissão. Além disso, quem é abordado tem a oportunidade também de usufruir de serviços como exames de sangue, diagnóstico das motocicletas e orientações oferecidas pelas instituições envolvidas.

De acordo com o diretor geral do Detran|ES Givaldo Vieira, é representativo iniciar o projeto na Serra, cidade que é a mais populosa, tem uma das maiores frotas e números de condutores, além de liderar o ranking de vítimas fatais de trânsito.

“Esse robusto projeto integrado segue as premissas do planejamento estratégico do Governo do Estado para reduzir o número de acidentes, principalmente de motociclistas, que são o público que mais se envolve em acidentes que resultam em mortes, até devido à vulnerabilidade, velocidade que atingem, além do aumento na frota e no número de entregadores por aplicativos na pandemia. Investimos fortemente em fiscalização, campanhas educativas, mas é urgente que motociclistas compreendam a necessidade de “desacelerar” para que mantenham sua integridade física, mantenham-se produtivos e voltem com segurança para os seus lares junto às famílias. É esse o principal objetivo do Moto e Vida em Ação, totalmente alinhado com os conceitos da Semana Nacional de Trânsito”, assinalou Givaldo Vieira.

O Detran|ES participa do projeto com suas equipes da Diretoria Técnica, por meio da Gerência e Coordenação de Educação de Trânsito, e da Diretoria de Habilitação, Veículos e Fiscalização, por meio da Gerência e Coordenação de Fiscalização.

Para o comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito, tenente-coronel Glariston Fonseca Nascimento, é mais do que honroso participar da elaboração e implementação desse projeto, pois trata-se de uma responsabilidade cívica, voltada à preservação de vidas no trânsito.

“A educação para um trânsito mais seguro é o principal recurso para conscientizarmos os usuários das vias públicas a adotarem condutas mais condizentes com a pacificação viária que tanto almejamos. Estamos engajados nesse projeto e esperamos alcançar resultados positivos em um futuro próximo”, disse.

Manutenção é fundamental

A revendedora de motos Honda, Moto Vena, está participando e apoiando a ação realizando um check list e ajuste da corrente da motocicletas que estão parando no pit stop volante.

De acordo com o Diretor da Moto Vena, Gabriel Rizk, um fator importante e causador de acidentes com motociclistas é negligência com relação as revisões. “É fundamental que o responsável pela motocicleta tenha em mente a importância da revisão para sua segurança e dos demais, que estão no trânsito. Moto revisada evita problemas, acidentes e preserva a vida”, disse ele.

Cuidados com a saúde

Segundo o presidente do Centro Acadêmico dos Alunos de Medicina da Emescam, Bruno Saliba Helmer, a inciativa é de extrema necessidade, uma vez que se nota que o grupo dos motociclistas lidera os índices de acidentes no trânsito.

“Com essa parceria, acreditamos que será possível oferecer pelo menos algum suporte para a saúde e segurança desses motociclistas. Estamos muito contentes e esperançosos que essa campanha seja um sucesso e tenha uma repercussão muito positiva. Além disso, esperamos que essa ação aproxime mais os alunos da Medicina com a comunidade, sendo uma situação de dupla troca, uma vez que interagiremos diretamente com a comunidade.”

Helmer lembrou também que 36 alunos se voluntariam para participar do projeto, sendo que foram mais de 100 inscritos na ocasião.

O Sest/Senat destacou a atuação especial que a instituição faz em todo o Brasil e, hoje, em especial, com foco nos motociclistas de forma integrada. “Fizemos esclarecimentos e demos orientações para os motociclistas sobre a valorização da vida, com uma dinâmica bem interessante. Percebemos, entrevistando 69 motociclistas, que ficaram satisfeitos e tiveram a certeza de que tem alguém olhando por eles, tanto os que usam para trabalho como meio de transporte”

Aumento no número de motocicletas, infrações e mortes no trânsito

Dados do Power BI – Detran|ES mostram que, em janeiro de 2019 a frota era de 433.066 (quatrocentos e trinta e três mil e sessenta e seis) motocicletas em circulação no Estado e em agosto de 2021 passou para 470.383 (quatrocentos e setenta mil e trezentos e oitenta e três), totalizando o aumento de 8,62% na frota da categoria neste período.

Informações obtidas por meio do Power BI-Detran|ES também mostram que, até agosto desse ano, foram aplicadas 77.918 infrações em condutores que utilizavam motocicletas, motonetas e ciclomotores, frente 72.737 no mesmo período do ano passado, com destaque para a “transitar em velocidade superior a máxima permitida para o local, quando a velocidade for superior a máxima em até 20%” como a mais cometida por motociclistas.

Em outra comparação estatística, a quantidade de vítimas fatais envolvendo motociclistas no trânsito aumentou significativamente nos últimos meses. Segundo o Relatório Mensal do Observatório de Segurança Pública – SESP, comparando o período de janeiro a agosto de 2021 com relação mesmo período ao ano de 2020, o número de óbitos com motocicletas aumentou 30,3% e, dos sinistros fatais em geral, 53% envolveram motociclistas.

Semana Nacional de Trânsito

A iniciativa acontece em todo o País entre os dias 18 e 25 de setembro, com o objetivo de incentivar a sociedade para um trânsito mais seguro. Nesse período, são realizadas ações com o objetivo de conscientizar todos os envolvidos no dia a dia do trânsito, sejam eles motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas ou pedestres,

Neste sentido, o Detran|ES desenvolve nesta semana ações integradas para impactar a população sobre a importância de atitudes responsáveis nas vias, inspiradas pelo tema definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran): “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

Comentários

0 Comentários
Compartilhe

Karoline Fabroni

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: