fbpx
Gastronomia, Destaque, Empreendedorismo

Que tal um Kombucha Vivaodia sabor lúpulo no lugar da cerveja?

que-tal-um-kombucha-vivaodia-sabor-lupulo-no-lugar-da-cerveja-2

Para quem já consome a bebida probiótica Kombucha conhece todos os benefícios para a saúde que o chá fermentado proporciona. Quem nunca ouviu falar, o Kombucha Vivaodia é um chá obtido da fermentação do Camellia Sinensis (chá verde) adoçado com açúcar orgânico, na presença de uma colônia de bactérias e leveduras que fazem muito bem ao intestino.  Disponibilizada em diversos sabores, a feita com lúpulo chama atenção, por ter um ingrediente que compõe as cervejas.

“Como o Kombucha Vivaodia é gaseificado e refrescante, a composta por lúpulo é uma das primeiras que os apreciadores de cerveja experimentam”, afirma o Master Brewer e produtor da bebida Jovan Demoner.

O lúpulo na fabricação da cerveja é responsável pelas substâncias que conferem amargor e aroma à cerveja e durante a fervura estes compostos passam por um processo chamado isomerização, tornando-se solúveis.  “O lúpulo confere esse amargor característico dos lúpulos alemães, com propriedades calmantes, como ser relaxante muscular, diurético, entre outros”, explica Demoner.

O Kombucha Vivaodia Lupulado é composto de água filtrada e ionizada, cultura de Kombucha SCOBY (Symbiotic Culture Of Bacteria and Yeast) – cultura simibiótica de bactérias e leveduras responsável pelo processo de gaseificação natural de kombucha, açúcar orgânico, chá verde orgânico e lúpulo. “

“Nada melhor do que substituir a cerveja por uma Kombucha Vivaodia que é considerada o elixir da saúde, que faz bem ao intestino, previne doenças como diabetes, problemas de coração, estresse, etc”, ressalta o Master Brewer.

Jovan conheceu a bebida quando morou na Califórnia e começou a produzi-la, sendo pioneiro no estado do Espírito Santo.  Hoje ele fabrica o Kombucha Vivaodia nos sabores Original Uva, Gengibre, Maracujá e Lúpulo e faz parte da Associação Brasileira de Kombucha (ABKOM). Informações no IG @kombuchavivaodia e no site https://organicosvivaodia.com.br/.

Comentários

0 Comentários
Compartilhe

Marcia Lima

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: